terça-feira, 9 de abril de 2013

Metalinguagem

"De modo mais amplo, uma metalinguagem pode referir-se a qualquer terminologia ou linguagem usada para descrever uma linguagem em si mesma — uma descrição gramatical, por exemplo, ou uma discussão sobre o uso de uma linguagem." (fonte Wikipédia - a enciclopédia livre)

Calma gente. Não é aula de português nem estou sofrendo de nostalgia aguda pelos anos de faculdade. Só utilizei este termo para ilustrar o que acaba de acontecer no blog do Projeto 204. Nada mais metalinguístico do que a reforma de um blog sobre reforma. (na verdade tem outras coisas mais metalinguísticas, mas se eu disser isso ninguém vai querer ler. o público é muito exigente).

Pra comemorar a marca das MAIS DE MIL visualizações, o blog está passando por uma reforma. O virtual imita o real: ainda faltam alguns ajustes aqui, umas retocadas ali, mas tá ficando de cara nova.

Agora, pra quem quiser tirar onda com os amiguinhos, já tem um exemplo de metalinguagem pra falar na aula de Português; tira um 10 e divulga o blog. Projeto 204 também é cultura.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Primeiras Visitas

Como prometido, o pedreiro terminou o serviço em três semanas. Gostamos muito dos resultados. Alguns detalhes ainda faltam ser acertados, mas são coisas que não foram conversadas antes, por isso faltaram.
Então, no último domingo, fomos com o Gilson (pai da Karine, Gilsão pros alunos de violão) instalar o armário do banheiro. Bom, depois de olhar, analisar, estudar, investigar, calcular e olhar de novo... resolvemos pedir ajuda. Eis que vem o Naldinho (primo da Denise) ao nosso socorro.
De repente fomos surpreendidos por visitas inesperadas (uma multidão de palhaços barulhentos). No meio da bagunça e da instalação do armário, nem pudemos dar muita atenção aos primeiros visitantes do 204. Débora Gomide, Carla, Pedro, Karen, Mariana e Cinthia (foram os que consegui identificar), ainda vamos poder convidar vocês pra uma visita descente ao 204 assim que ele estiver pronto (e da próxima vez vai ter água pro Pedro lavar as mãos).
Bom, os pisos estão no lugar, o lavabo está pronto, armários sendo instalados, tanta coisa já foi feita e tanta coisa ainda falta.
Seguimos, então, sem parar, com esse projeto!!!

segunda-feira, 1 de abril de 2013

O ANO DA PROVISÃO DO SENHOR

Hoje fiquei muito feliz ao ver um estudo no site do MMI Brasil sobre nomear o seu ano profeticamente. Eu e Karine já fazemos isso há algum tempo e temos vivido experiências fantásticas.  O importante é escolher palavras que descrevam o que realmente precisamos viver no ano que se inicia, com uma declaração de fé no mês de janeiro.

A cada janeiro nós temos orado e dado ao novo ano um nome profético. Nós cremos que o poder de Deus está em nós todo o ano e em todas as áreas de nossas vidas, porém, ao focarmos um propósito para o ano nos sentimos bem mais preparados para receber em uma medida maior o que está reservado para nós.

Isso tem nos ajudado a perseverar a cada desafio e até mesmo a manter os nossos olhos naquele que está acima de nossas dificuldades: Jesus. Essa é uma boa dica pra todo casal que deseja viver momentos de alegria e vitórias em sua caminhada rumo ao matrimônio. Não só para casais, mas pra todos que confiam que Deus escuta nossas orações e atende às nossas súplicas.

Mas se você não fez isso em janeiro de 2013, não se preocupe. Ainda dá tempo de determinar bênçãos para seus dias futuros. Busque a direção de Deus em oração e medite em versículos-chave que podem resumir o que você necessita viver nesse ano.

"Então profetize para todos os dias que virão, dê nome ao seu ano e prepare-se para vê-lo acontecer!"

Baseado no estudo Nomeie seu ano de http://www.mmibrasil.com.br/estudo/247

Vento em Poupa

Bom, como havia dito anteriormente, a gente preferiu continuar a obra com alguém profissional (não que eu não desse conta do recado). É bem verdade que os custos ficam mais altos (e como ficam), mas o resultado é mais certo também (é melhor encarar isso como um investimento). Algumas pessoas já me disseram que é difícil encontrar um pedreiro bom mesmo, então fiquei meio ressabiado na hora de contratar um. Enfim, meu pai arrumou um que até agora não nos decepcionou. O pedreiro está dando forma à nossa imaginação, concretizando nossos sonhos (entendeu? concreto, pedreiro, concretizando, han? han? han???). Já faz duas semanas e em mais uma ele termina(posso ouvir um amém?!).
Na última quinta, foi o momento de sentar e conversar com o dono do local da realização do evento mais esperado deste século: o local para cerimônia e recepção dos convidados. O local é realmente o que nós queríamos (ficou carinho mas vai valer a pena).
É isso aí, estamos indo de vento em poupa. Que o Senhor Deus continue nos abençoando em nosso projeto!