quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

O Começo

Que Karine e eu nos amamos todo mundo sabe. Que nossas vidas completam uma a outra todo mundo sabe. Que vamos passar o resto de nossas vidas juntinhos todo mundo sabe. Onde vamos passar nossas vidas juntinhos... aí é que ninguém sabe!!! Pelo menos ninguém sabia há pouco mais de um ano atrás.
No final do ano de 2010 já tínhamos completado três anos de namoro, e chega um ponto no relacionamento que passamos a ter preocupações além do que vestir no sábado à noite, ou a que filme vamos assistir, ou onde passar o feriado. Começamos a nos preocupar com o futuro mais distante (nem tão distante assim).
Desde o início do nosso namoro, já tínhamos decidido que seria para sempre (apesar de alguns contratempos), nossos planos sempre foram de nos casarmos (antes mesmo do namoro. numa conversa despropositada no portão). Mas, como diz o ditado, "quem casa quer casa". E aí começaram os planos (desesperados) de encontrar um lugar pra construir um lar.
A ideias foram muitas: construir no quintal ou em cima da casa da sogra (claro que essa ideia foi logo descartada rsrs); rolou cadastro em site de uma construtora, um condomínio promissor demais num "buraco quente" do "cafundó do Judas", acabamos resolvendo fazer o retorno no Contorno; até caminhamos pelos bairros vizinhos pra ver algumas casas que estavam sendo construídas em alguns condomínios que estavam surgindo no Bairro de Fátima, Cerâmica União, Recanto Feliz, São Luiz, Candelária, Morada do Vale... ufa; então decidimos procurar pela internet mesmo. Aí é que as coisas começaram a conspirar para um propósito.
Tem muita coisa na internet. Sites de várias imobiliárias (eu entrei em todos). "Casa, apartamento, barraco, chiqueiro", dá pra encontrar de tudo um pouco. Os preços também são bastante variados, desde aqueles que cabem no bolso até aqueles que te deixam  sem as calças. Mas um anúncio chamou a atenção: casa baixa com garagem, amplo quintal nos fundos, área de serviço, no Dom Bosco, por R$50.000,00. Então resolvemos ir conferir, mas antes...
Bom, Dona Elena (mais conhecida como vovó. fofó para uma pessoa em particular) é um capítulo a parte, quem conhece sabe, espontaneidade e iniciativa própria estão sobrando. Foi ela que foi conferir primeiro, não poderíamos ir durante a semana e não queríamos perder a oportunidade. "Ah, deixa que eu vejo pra vocês, eu conheço os donos, são muito amigos meus, vou lá ver. Pode deixar comigo!", essas foram as palavras da vovó (claro que ela conhece, ela conhece todo mundo). Então lá foi ela conferir e estava tudo certo. Chegou então o dia de Karine e eu irmos pessoalmente verificar o local.
Pra nossa surpresa o local que a Dona Elena foi ver não tinha absolutamente nada a ver com o que tínhamos pedido para ela verificar. A casa que queríamos estava a leilão pela Caixa e o morador nada simpático que nos atendeu disse que pra comprar teríamos que tirá-lo de lá (a expressão balde de água fria passou a ter mais significado pra mim). Mas, como eu disse, as coisas já estava literalmente conspirando para o nosso bem.
Fomos então verificar o lugar onde a Dona Elena tinha ido. Não era casa baixa, um conjunto de seis apartamentos, dois embaixo e quatro em cima. Já fomos recebidos por uma senhorinha simpática. As referências da vizinhança foram as melhores. Quarto, cozinha, sala, banheiro e área de serviço. Nada muito grande, mas o suficiente para nós. Foi amor à primeira vista. Depois de alguns meses de conversas, ligações, documentos, e-mail's, mais ligações, aconteceu o que nós tanto esperávamos... Chegou o dia de assinar o contrato de compra e venda do nosso apartamento.
Quem casa quer casa, o sonho de consumo de todo casal planejando se casar, o sonho de ter um lugar pra chamar de "NOSSO LAR". Uma caçada ao tesouro que começou em 2010 e se concretizou em 18 de julho de 2011. São muitos os personagens envolvidos nessas história que só está começando. Muita oração e certeza de que o mais interessado em nossa felicidade é o próprio Deus de toda a Eternidade. Ele mesmo é quem indica o caminho, nossa tarefa foi e sempre será seguir esse caminho. E assim damos início ao Projeto 204.
Vamos acompanhar aqui o desenrolar dessa história.

Um comentário:

Obrigado pela visitinha e volte sempre ♥